terça-feira, 8 de novembro de 2016

Amor de Perdição, Camilo Castelo Branco

Sinopse 

Obra incontornável do movimento romântico português, Amor de Perdição leva-nos a conhecer uma das mais apaixonantes histórias de amor de todos os tempos. Simão e Teresa (qual Romeu e Julieta) pertencem a famílias inimigas, mas a paixão que os une fá-los acreditar que tudo é possível. Poderá este amor vencer todos os obstáculos ou será o caminho para a sua perdição? 

Opinião  

Camilo Castelo Branco é um dos grandes ícones da literatura portuguesa. Teve uma vida atribulada, que serviu de fonte de inspiração de algumas das suas obras e ''Amor de Perdição'' foi uma delas. 

Simão Botelho apaixona-se por Teresa Albuquerque, mas têm a infelicidade de pertencer a famílias rivais.

Trocam olhares através das suas janelas (são vizinhos) e cartas de amor, até que se descobre a paixão dos dois. O pai dela, Tadeu Albuquerque, decide afastar a filha, propondo o seu casamento com o primo Baltasar Coutinho (um ser feio e manipulador) e o pai dele, o corregedor Domingos Botelho, envia o filho para Coimbra para terminar os seus estudos. 

O casal lá encontra uma maneira de se comunicar, até ao dia em que Tadeu envia a filha para um convento, depois de ela se negar a casar com o primo e ser intransigente na sua decisão. 

''Amor de Perdição'' é um livro sobre amor. O ''Romeu e Julieta'' português. Castelo Branco viveu um romance com contornos semelhantes, pelo que se pode encontrar muitas semelhanças da realidade nesta ficção.  

O autor, à semelhança de outros daquela altura como Eça de Queirós, munia-se da sátira em praticamente todas as suas obras para criticar a sociedade nomeadamente em questões políticas - visto que ''a saúde'' da monarquia se vinha a degradar cada vez mais, e em questões sociais, no caso particular desta texto o amor, visto que a união ainda era vista como uma questão de interesse e estratégia, e nunca como uma questão de sentimento. Este tema atingia Camilo Castelo Branco de uma forma mais peculiar.

Este livro faz parte do programa Ler+ e é, sem qualquer dúvida, uma grande obra nacional. A história é linda, a escrita idem aspas e a mensagem que ela passa é poderosa. 

Esta leitura foi feita para o projecto #lerosnossos, organizado pela Cláudia Oliveira do blog 'A mulher que ama livros'.

Sem comentários:

Enviar um comentário